segunda-feira, abril 23, 2012

Ainda o jogo de Sábado.



Não gosto de ver jogadores provocar os adeptos, mas já não será o caso quando se responde a constantes agressões verbais (que, para além do mais, não passam de xenofobia). Foi ao som de “ese portugues hijo de puta es” que Cristiano aconselhou calma ao Camp Nou. Já agora: os cânticos racistas são punidos, por que é que este não o é?

4 Comentários:

Às 11:43 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Dois pesos e duas medidas!!

 
Às 12:15 da manhã , Anonymous playmaker10 disse...

Boas.
É bom ver que a tua opinião acerca do CR mudou bastante desde que saí de Macau :)

Abraço!

 
Às 10:22 da manhã , Blogger VICI disse...

Meu caro playmaker10, é sempre bom ver-te comentar por aqui!

Quanto ao CR, garanto-te que a minha opinião não mudou. Ele é que pela primeira vez foi realmente decisivo quando era necessário. Espero agora que o saiba e consiga fazer na selecção - que é isso que me interessa.

Abraço.

 
Às 12:39 da tarde , Blogger Pedro Coimbra disse...

E o CR não foi mal educado com ninguém.
Provocaram-no, insultaram-no e le respondeu com um golo que decidiu o jogo e o título.
Calma :)))

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial