quarta-feira, setembro 29, 2010

Os críticos.

Dos jornais à televisão, passando pela blogosfera e terminando no facebook, a tugalhada anda revoltada e crítica, antevendo a morte da nação lusa que tão mal representada anda pelos seus políticos e quejandos. Contudo, durante a jorna, muitos desses críticos chegam atrasados ao local de trabalho, produzem o mínimo possível e, ao fim do dia, ainda têm tempo para uma qualquer chico-espertice de lesa patrão. À noite, no recanto do lar, sentam-se de pantufas em frente à televisão, amorfos e indolentes, definhando apáticos, esquecendo que cada povo tem os políticos que merece e que a passividade que ostentam é tão ou mais grave do que a incompetência e desonestidade daqueles que também eles ajudaram a colocar ao leme da nação, e a quem toleram todas as trafulhices - porque na realidade se lhes equivalem em integridade de carácter. Não se pode apregoar o que não se tem.

5 Comentários:

Às 9:45 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Mais uma posta com que estou totalmente de acordo. A morte anunciada e lenta deste País, e a passividade, com que aceitamos tudo, faz com que sejamos tão culpados como este corruptos que nos dirigem. Abraço

 
Às 1:11 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

é isso e talvez pior, o futebol voltou a ser a conversa e as discussões... regressou-se à grande arte de desviar as atenções, futebol, pedofilia, ronaldo e mourinho e tudo está mal como o proprio futebol...
o chico esperto anda à solta e cada vez tem mais colegas...
e viva i slb kota

 
Às 12:25 da tarde , Anonymous El Greco disse...

Caro Vitz,

Com este povão ignaro e servidos por tamanha corja de políticos, às vezes pergunto-me se não nos devemos dar por satisfeitos por não nos terem enfiado o braço por completo. É que, olhando bem pelo que saiu na rifa aos outros países (e regiões administrativas especiais), facilmente se conclui que as coisas podiam ser bem piores.

Abraço

 
Às 10:36 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Pela medidas de austeridade anunciadas ontem pelo aldrabão do 1Ministro, este País já afundou, e o Povo Português foi junto, sem tentar sequer pôr o colete de salvação.

 
Às 8:38 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

Incrível ouvir o debete hoje na A.Répubulica em que o idiota do 1º Ministro se recusa a responder sobre o que correu mal no PEC e para três meses depois, vir com medidas que vão põr na pobreza milhares de pessoas..Decididamente este Páis tem um presente sem saída é sem futuro. Mas realmente nada se faz para mudar o rumo de tudo isto. Pela 1ª vez na vida sinto que tenho o dever de me juntar á próxima manifestação que ouver. Abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial