quinta-feira, outubro 14, 2010

Copiapó

Hola!
A Operacion San José que terminou há poucos minutos, e que segui antentamente desde que começou, permitiu concluir várias coisas, para além do óbvio que foi o ter salvado a vida a 33 pessoas que ganhavam a vida a alguns metros de profundidade.
Entre elas, a exposição mediática de um País em vias de desenvolvimento que começa a aparecer na cena internacional, não só por causa dos vinhos, mas também porque parece estar a entrar nos eixos na era pós Pinochet.
Outra, Sebastián Piñera emerge como um grande líder da América Latina. Multimilionário, promete agora mundos e fundos na implementação de medidas de segurança nas minas e em outras actividades. Sebastian, apesar de toda a exposição mediática, teve momentos em que pareceu genuíno, o que merece destaque num político nos dias que correm.
Mas, o que mais me chamou à atenção, talvez tenha sido a capacidade do ser humano para se adaptar ao meio ambiente que tanto agride e a de sofrimento que 33 mineiros tiveram nos 69 dias que estiveram a 700 metros de profundidade.
Acabou em bem, como nos filmes, até para um tal de Yonni Barrios, que tinha à sua espera a mulher legítima e a amante que se revelou enquanto o Yonni lutava por sobreviver. Diz que as ama de igual forma e quer que sejam amigas. Estou contigo, Yonni!
Como outros, e sem lamechices, são estas conquistas humanas que dão sentido a estar vivo, ainda que por poucos anos.
Gracias, Chile!

Que te vaya bien!

3 Comentários:

Às 5:22 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Sem dúvida comovente..Tudo acabou bem e todas aquela gente que participou no resgate fez um óptimo trabalho!. Abraço

 
Às 7:08 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Todo o Mundo desejava este desfecho. Ainda bem que se concretizou! Um trabalho feito com pés e cabeça de gente competente.

 
Às 7:37 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Faz bem á alma ter visto toda uma Nação mobilizada com o único objectivo de salvar pessoas. Algo que devia trazer o Mundo áquilo que é a verdadeita prioridade. O Ser Humano. Abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial