quinta-feira, setembro 22, 2011

Dos acrónimos.

EPARQAMDAC! - Mas que porra é esta??? - perguntam vocês. Passo a explicar: trata-se de um acrónimo. Qualquer coisa como: Estou Para Aqui a Rir-me Que Ainda Me Dá Alguma Coisa. Algo que, em português, congrega os costumeiros “LMAO”, “LMFO” e “ROFL” da língua inglesa. Como nota prévia, tranquilizo-vos: se não sabem o que significam estas estranhas siglas inglesas, não se assustem; eu também só o soube há pouco tempo. E tive de procurar a explicação na net. Efectivamente, confesso que tive algum pejo em perguntar a algum conhecido - não fosse o significado daquelas letras ser mais do que óbvio e eu acabar por fazer figura de urso. Constatei, igualmente, que é usado e abusado pela tugalhada que pulula por facebooks e afins. Nesta senda, proponho que usem a imaginação e passem a abreviar na língua de Camões. Um eparqamdac só pode ser libertador! Para além de que rima com Potomac, o que dá logo uma áurea estrangeira à coisa. E então se for um NABO (não ando bem obrigado) ou um VACA (vou a casa almoçar), ainda melhor! - perde para eparqamdac na desenvoltura estranja, mas ganha em trocadilho e sonoridade. Se o objectivo é escrever de forma a que ninguém perceba, então vamos ser originais e fazê-lo numa língua que, só por si, nem sequer os portugueses sabem usar. Toca a dar uso ao Magalhães, malta! BFN (bye for now, disse-me o google).

4 Comentários:

Às 3:23 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Bravo.

 
Às 4:19 da tarde , Blogger Pedro Coimbra disse...

Gpcm!! (Gostei para caraças, man!!!)

 
Às 5:44 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Boa!!

 
Às 11:59 da manhã , Anonymous Anónimo disse...

impecábél

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial