sexta-feira, setembro 02, 2011

O pandemónio

Hola!
O pandemónio (não confundir com a pouco possível contracção dos substantivos panda e demónio) está instalado.
Ele é Tó Carros em fila indiana. Ele é lugares de estacionamento subtraídos sem se saber bem porquê e para quê. Ele é profissionais de taxe (assiste-me muito de dizer taxi com "e" no fim) a extorquirem os clientes. Ele é aquele bom hábito de quem tem prioridade na passadeira é sempre o veículo. Enfim, esta cidade está um pandemónio e não há solução à vista.
Se eu mandasse - ainda bem que não mando - contratava um especialista e encomendava-lhe um estudo científico.
Tenho a certeza que ele ou ela chegaria à conclusão de que o que faz falta são mais pandas e menos demónios.
Ou isso, ou dizer às pessoas para se pisgarem daqui enquanto é tempo.
Que te vaya bien!

3 Comentários:

Às 4:54 da tarde , Blogger Pedro Coimbra disse...

E divulgava as conclusões só em língua chinesa.
Pimba!! :))

 
Às 5:49 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Realmente....

 
Às 6:35 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Gosto mais de pandas...e menos de demónios...e de pandemónios..Abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial