sexta-feira, dezembro 02, 2011

O 1 de Dezembro.

O 1 de Dezembro já não é feriado nacional. Vejamos: em 1640, os quarenta conjurados correram com a dinastia filipina; em 1974, uns militares, ufanos de reivindicações corporativas, ocuparam o Terreiro do Paço com tanques e cravos. Se é verdade que ambas as datas contribuíram para a permitir à escória de políticos que temos tido governar o país, é um facto que é à segunda das duas que se deve o compadrio e o despautério. Compreende-se que a turba política tenha optado por esconjurar o primeiro e manter o segundo. Lá nisso foram coerentes e que ninguém os acuse de ingratidão.

4 Comentários:

Às 12:46 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

E eu que pensava que o 1 de Dezembro era feriado por causa do aniversário de um ilustre causídico? Dá-le Vitó!

 
Às 4:34 da tarde , Blogger Pedro Coimbra disse...

PIMBA!!!!
Gostei

 
Às 6:58 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Ora nem mais...de acordo!

 
Às 7:36 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

Proponho a suspensão do 25 de abril...o 1º de dezembro é a conquista da Independência e deve permanecer!!Tenho dito!!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial