sexta-feira, fevereiro 17, 2012

O Roque e a amiga.

Balotelli, personagem que por si só dispensa quaisquer comentários, diz que foi vítima de insultos racistas ontem no Dragão. Vai-se a ver e chamaram-no “preto” – que, como diria o Eusébio, não é mentira nenhuma. Ora, acontece que, em declarações à Sky Sports, Yaya Touré disse: "É por isso que gostamos da Premier League, porque isto nunca acontece. Futebol é futebol e os adeptos vêm para desfrutar do jogo. Não queremos que coisas destas aconteçam. Mário [Balotelli] já é capaz de controlar este tipo de coisas." Sobre a côr de Touré não teço comentários; contudo, vejo-me obrigado a chamá-lo mentiroso e inculto! Mentiroso, porque todos sabemos o que se passa na Premier League (não sei se ele já terá ouvido falar da massificação dos meios de comunicação); inculto, porque se há coisa que Portugal não é é um país racista - a nossa história prova-o! Enfim, não sei se será branca se negra, mas Touré é uma verdadeira besta!

2 Comentários:

Às 12:50 da tarde , Blogger Pedro Coimbra disse...

Depois do que aconteceu recentemente em Inglaterra, vir chamar racistas aos portugueses e dizer que não é assim em Inglaterra, faz-me lembrar o tresloucado iraniano a dizer que não há homessexuais no Irão.

 
Às 3:37 da tarde , Anonymous Anónimo disse...

DALE VITÓ. Na volta é primo do Alan.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial