quarta-feira, março 31, 2010

São sete voltas p'rá muralha cair.

Estamos a pouco mais de dois meses do início do campeonato do mundo de futebol. Diz-se por aí que, na impossibilidade de contratar o Caetano Veloso, o Demis Roussos ou o Toto Cutugno, estamos para nos ficar pelos bem portugueses Black Eyed Peas e que o hino da nossa selecção será o “I’ve got a feeling”. Dando de barato que ainda não está tudo maluco naquele país e que o CQ não é tão pateta como tem insistido em demostrar nos últimos tempos, tenho esperança que esta histeria passe depressa e que se escolha um hino na nossa língua para acompanhar a nossa selecção. É que já foi suficientemente penoso ouvir aquela canadiana cantar "comúma forssa qui nínguem podi pará". Nesse sentido, aqui fica um belo e inovador vídeo (já campeão de visitas no youtube).

Será o célebre Joãozinho?

video

terça-feira, março 30, 2010

Cartoons.


Quem gosta de cartoons pode consultar este site.

The Wall Street Journal.

Reportagem muito interessante sobre o Benfica, no WSJ.

segunda-feira, março 29, 2010

The Myth of the Pedophile Priest.

Artigo interessante.

sábado, março 27, 2010

Profissão de sonho.

Quando mais petizes, nunca nos livramos daquela pergunta feita pelos mai velhos: “o que é que queres ser quando fores grande?” As respostas variam. Há os que querem ser médicos, advogados, jogadores de futebol, pilotos, proxenetas. Doravante, quer parecer-me que vai haver muito puto a dizer que quer ser steward. Afinal, os tipos vão aos melhores jogos, recebem salário, não pagam bilhete e ainda ficam com os melhores lugares. E chamam-lhes “elementos do público”. Ainda há a vantagem de poderem levar no trombil dos seus ídolos favoritos. Ai o que eu gostava de ter levado duas bofetadas do Slavkov ou do Cabumba (não tanto do Mozer, que era coisa para me deixar muito maltratado). Profissão de sonho, é o que é.

sexta-feira, março 26, 2010

Can you really blame Tiger Woods?

Num dos inúmeros - e farisaicos - actos de contrição de Tiger Woods, ouvi-o dizer que passou por uma fase de "descontrolo tresloucado" e que tal foi "horrível", dizendo-se "profundamente arrependido" (sic). Ao deparar-me com uma fotografia de Cristina Del Basso (deparei-me com mais que uma, em bom rigor, mas as outras não posso postar neste blogue familiar), uma das suas amantes - fazendo fé nos mentideros -, questiono-me se o estado de loucura já lhe terá passado e se era mesmo doidice o que o movia. Que foi "horrível" e que está "profundamente arrependido", não tenho dúvida nenhuma: foi apanhado de calças na mão - passe a expressão - e, lá diz o povo, roubar qualquer um consegue, não ser apanhado é uma arte.

Ele é que sabe!

"I’m going to the 7's in four hours [torneio de rugby], followed by the first Splash Day of 2010 on Sunday ["boat dive" em Hong Kong], followed by a nine day dive trip to the Maldives with some great friends! Now remind me, why did I stop Engineering?" - mensagem deixada por um amigo no facebook – dono de uma escola de mergulho aqui na vizinha Hong Kong.

quinta-feira, março 25, 2010

A menina Chaves em versão senhora Bellucci.


Espectador de futebol.

Um steward (anglicismo escusado, diga-se) é agora considerado um espectador da bola - equiparado a um qualquer sujeito do público. E ficar a sabê-lo até nos pode vir a ser útil. Doravante, sabemos que se provocarmos um daqueles tipos que pensa com as chuteiras, e se ele nos der no toutiço, levamos com dez pontos no cachaço e ele com três jogos na bancada (e, cheira-me, com uma indemnização paga pelo contribuinte). Em Inglaterra, um tal de Eric ficou 9 meses a ver os jogos pela televisão e a prestar serviço comunitário por causa de uma brincadeira do género. Muito gostava de ver o João Moutinho assapar num bombeiro (com a devida vénia pelos soldados da paz), a ver o que é que aquelas luminárias do CJ decidiam. Cada vez vale mais a pena ir à bola em Portugal. Isto está bom é para as claques.

Mr. Jesus.

Em boa hora alertado pelo Ma Si Ka, aqui fica:

Onde estás tu, Serafim Saudade?

Esta entrevista do HJ mostra, à saciedade, que o humorista há muito se finou. Resta apenas um homem rancoroso, amargurado, ingrato e, acima de tudo, aborrecido.

quarta-feira, março 24, 2010

5000 anos em 90 segundos.

Vale a pena passar os olhos por aqui.

Saco de pancada.

Quem aqui vem ao blog, sabe que nunca apreciei particularmente o estilo futebolístico de CR. Contudo, acho patético o que se tem vindo a passar nos últimos tempos. Invariavelmente, os seus colegas de profissão (bem piores que CR, diga-se), sempre que falam de Messi, insistem em engrandecê-lo por comparação a um constante espezinhamento de CR. E, também em regra, fazem-no criticando uma pseudo petulância do português em contraposição à humildade do argentino. Será mesmo assim? Talvez. A verdade é que não conheço nenhum dos dois. Ainda assim, pouco me importa se o gajo é arrogante ou não. Pagam-lhe para jogar à bola, e é no campo que ele tem de ser avaliado. Tal como é no campo que os seus adversários o têm de travar, e não nos tablóides. Soa-me a inveja. Mesquinha.

20 conselhos de Harvard e Cambridge.

Sempre preocupado com o vosso bem-estar - e na vanguarda do serviço público -, deixo-vos com alguns conselhos interessantes. Mal não devem fazer.

"As universidades de Harvard e Cambridge publicaram, recentemente, um manual com 20 conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e simples.

1- Beber um copo de sumo de laranja, diariamente. Para aumentar o ferro e repor a vitamina C.
2 - Salpicar canela no café. Mantém baixo o colesterol, e estáveis os níveis de açúcar no sangue.
3- Trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral. O qual tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro do que tem o pão branco.
4- Mastigar os vegetais por mais tempo. Aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos no corpo. Mastigar liberta sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo têm.
5- Adoptar a regra dos 80%. Servir-se de menos 20% da comida evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida, e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.
6- O futuro está na laranja. Reduz em 30% o risco de cancro de pulmão.
7- Fazer refeições coloridas como o arco-íris. Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco, em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.
8- Comer pizza. Mas escolha as de massa fininha. O Licopene, um antioxidante do tomate, pode inibir e ainda reverter o crescimento de tumores; e, ademais, é melhor absorvido pelo corpo quando o tomate está em molhos para massas ou para pizza.
9- Limpar a sua escova de dentes e trocá-la regularmente. As escovas podem espalhar gripes, resfriados e germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente, pelo menos quatro vezes por semana (aproveite o banho no chuveiro); sobretudo durante e após períodos de doença, devem ser mantidas separadas de outras escovas.
10- Realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam a sua memória. Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, qualquer habilidade nova. Leia um livro e memorize parágrafos.
11 - Usar fio dental e não mastigar chicletes. Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arterosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos à sua idade biológica, porque remove as bactérias que atacam os dentes e o corpo.
12- Rir. Uma boa gargalhada é um 'mini-workout', um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o stresse, acorda células naturais de defesa e desperta os anticorpos.
13- Não descascar com antecipação. Os vegetais ou frutas, (sempre frescos), devem ser cortados e descascados no momento em que vão ser consumidos. Isto aumenta os níveis de nutrientes contra o cancro.
14- Ligar para os seus parentes/pais de vez em quando.
Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com as pessoas de quem gostam, particularmente com a mãe, desenvolvem tensão alta (alta pressão), alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã.
15- Desfrutar de uma xícara de chá. O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelitas também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.
16- Ter um animal de estimação. As pessoas que não têm animais domésticos, sofrem mais de stresse e vão mais ao médico, dizem os cientistas da Cambridge University. As mascotes fazem-nos sentir optimistas, relaxado, e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores, mas até com um peixinho dourado podemos obter um bom resultado.
17- Colocar tomate ou verdura frescas no sanduíche.
Uma porção de tomate por dia, baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo os cientistas da Harvard Medical School.
18- Reorganizar o frigorífico. As verduras, em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas. A luz artificial do equipamento destrói os flavonóides (que combatem o cancro) que todos os vegetais têm. Por isso, é melhor usar a área reservada às verduras, que é aquela gaveta em baixo.
19- Comer como um passarinho. A semente de girassol e as sementes de sésamo, nas saladas, e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.

20- E, por último, uma súmula de pequenas dicas para alongar a vida:

- Comer chocolate. Duas barras por semana dão mais um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.
- Pensar positivamente. As pessoas optimistas podem viver até mais 12 anos que os pessimistas, as quais, ademais, apanham gripes e resfriados mais facilmente.
- Ser sociável. As pessoas com fortes laços sociais, ou redes de amigos, têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias, ou que só têm contato com a família.
- Conhecer-se a si mesmo. Os verdadeiros crentes e aqueles que priorizam o 'SER' sobre o 'TER', têm 35% mais de probabilidade de viver mais tempo."

sexta-feira, março 19, 2010

FF.

Oram nem mais!

"As claques são várias contradições em si mesmas. Logo, no nome. Claque vem de bater palmas. É francês e refere aqueles, os claqueurs, que batiam palmas, eram pagos para isso, nas óperas. Ontem, aplaudiam; hoje, assobiam e insultam, criam, enfim, aquilo que foi pedido para Alvalade por um directivo imprudente: um "ambiente extremamente difícil." Essa a primeira contradição, mas há mais. Ontem, os das claques eram diversificados: havia os pleureurs, os que choravam segundo a trama da ópera, os chatouilleurs, que brincavam quando era caso disso, os biseurs, que pediam encores aos tenores e sopranos. Hoje, numa claque não há especialidades, é uma cambada, e só. Mas a contradição maior na claque de futebol não está em claque, mas futebol. Que faz aí essa palavra maravilhosa? Futebol é aquela nesga vista por Eto'o e que arrumou com o Chelsea, é o silêncio que o estádio faz antes de Ronaldo marcar o livre, é Messi resolvendo o que estamos claramente a ver que é impossível resolver. E quando isso acontece o que faz a cambada? Vira as costas, guinchando. Está lá dentro, nas bancadas, mas de costas para as maravilhas. E esses são os mais interessados pelo futebol. Porque, vimos ontem, há claques que nem entram no estádio. Oficiam cá fora, ao seu nível, da sarjeta."

Liga Europa.

Sao 4 da manha em Macau e ainda aqui ando. E valeu a pena! O SLB foi a Marselha escrever mais uma bela pagina da sua historia, vulgarizando o clube local. Uma grande exibicao que, com uma arbitragem mais atenta, teria resultado numa vitoria ainda mais categorica e menos dramatica. Parabens aos jogadores e equipa tecnica. E, agora, venha a final da Taca da Liga e o Braga. Em contraposicao, ligo a televisao e fico a saber que alguns adeptos do Sporting acabam de escrever uma das mais negras paginas da historia do futebol portugues! Violencia inaceitavel!, propria de gente pequena e mesquinha. Enfim, quando sao os proprios dirigentes que incentivam a agressividade, o resultado nao poderia ser diferente. Que dira agora essa luminaria do Salema Garcao? Que sao um clube diferente? La isso sao. Apesar de tudo, que consigam ser mais fortes em campo e passem a eliminatoria, porque, fora dele, os adeptos ja macularam definitivamente a presenca do clube na europa.

quinta-feira, março 18, 2010

Pois é...


quarta-feira, março 17, 2010

Comissão de Avaliação da Maturidade Para a Democracia dos Residentes de Macau, Taipa, Coloane - sem esquecer o Cotai

Hola!
Leio, ouço e vejo frequentemente que, por uma razão ou por outra, os residentes cá da terra - Macau, Taipa e Coloane, sem esquecer o Cotai! - não estão, por ora, preparados para a democracia.
Não sei se a democracia, pedindo licença para usar a versão castelhana do que disse o Churchill, "es el menos malo de los sistemas politicos".
Verdade seja dita que tais considerações filosóficas não são coisa que me apoquente, na medida em que cada vez mais sinto que a democracia dos dias de hoje é uma ditadura encapuçada que retira liberdade a todos para que alguns engordem e pergunto-me se o Clístenes não andará, nas profundidades do subsolo de Atenas, a dar voltas aos ossos que lhe restam sempre que ouve uns grunhidos dos senhores ditos democráticos da velha Europa (Ceuta incluída).
Mas, esse sentimento não obsta a que me ponha a pensar se existirá alguma fórmula para aferir da maturidade para viver em democracia de qualquer povo, incluindo os residentes de Macau, Taipa e Coloane - sem esquecer o Cotai.
Caso exista, proponho a criação de uma comissão para o efeito: Comissão de Avaliação da Maturidade Para a Democracia dos Residentes de Macau, Taipa e Coloane, sem esquecer o Cotai.

Como eu próprio tenho dúvidas sobre a democracia ou se estarei preparado para a dita cuja, aprestar-me-ei a perguntar a essa Comissão em que grau de maturidade me encontro.
Se acaso tiver surpresas ou não estiver preparado, irei a correr pedir uma consulta àqueles que afirmam que os residentes de Macau, Taipa e Coloane - sem esquecer o Cotai - ainda não estão preparados para ser ouvidos e tomar parte na res publica.
Aí chegado, as minhas perguntas serão, inevitavelmente, se estou preparado para o feudalismo ou qual o sistema que melhor se adequa à minha pessoa.
Tenho a certeza absoluta que as respostas do Olimpo destruirão todas as dúvidas que me acachapam e, assim, finalmente, dormirei bem mais descansado.
Que te vaya bien!

José Pinto Trocas-te Sousa

terça-feira, março 16, 2010

Sampras vs Agassi

O amigo Pete tenta acertar no amigo Andre. Os grandes Campeões nem a feijões gostam de perder.

Angola, 15 de Março de 1961.

Muitos não se recordam, a maioria desconhece. Há ainda os outros, os que fizeram por esquecer. Numa era em que tantos defendem ideais de justiça e respeito, nada como recordar um outro tempo, um tempo em que a solidariedade com o nosso próprio povo foi uma mera figura de retórica. Há uma dúvida que me assalta: e se fosse hoje, qual seria a resposta do povo português?

Aqui fica, mas, atenção!, algumas imagens são extremamente violentas (filme retirado do blogue "corta-fitas").

Agora foi com a Pamela.

Alguma coisa não anda bem por aí. A censura galga terreno assustadoramente – e não, não me refiro a lei da rolha laranja, tema que me interessa menos que qualquer bom programa sobre apicultura. Refiro-me a mais uma anúncio televisivo censurado. Depois do Brasil é a vez da Austrália. O falso puritanismo não cessa de ganhar etapas.

sexta-feira, março 12, 2010

Demolition call.

Hilariante!

video

quinta-feira, março 11, 2010

Hurt Locker vs Jeffrey Sarver.

"Hurt Locker" foi distinguido pela Academia de Hollywood com o Óscar de Melhor Filme no passado Domingo. Acontece que o filme está (e já estava aquando da atribuição do prémio) envolto em polémica. O Sargento Jeffrey Sarver afirma que o argumentista do filme (Mark Boal) se baseou em situações acontecidas consigo para escrever o guião, e que tudo o que está retratado na película aconteceu de facto e foi testemunhado e documentado (não se trataria, portanto, de ficção, como o filme deixa entender). Daí, avançou para os tribunais e pede uma choruda indemnização aos argumentista e produtores do filme. Se tiverem paciência, vejam aqui a petição do Sargento queixoso (em Inglês).

FCP e CR.

O FCP caíu rotundamente em Londres e já correm na net as piadas do costume, próprias destas ocasiões. Já vi o SLB levar algumas tareias destas (mais do que gostaria, diga-se), e não aprecio estes preciosismos bacocos (de duvidosa piada). Aliás, já fiz um esforço, confesso, mas ainda não consegui atingir o estádio evolutivo que me permita ficar contente com a derrota dos clubes portugueses nas competições europeias. Deve ser problema meu...

Enfim, porque tristezas não pagam dívidas, aqui fica o último anúncio da Nike. Engraçado.

terça-feira, março 09, 2010

O nosso cérebro é doido.

"De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo."

O Squash da Michea

Para os apreciadores de Squash que acham que o anúncio da devassa não é devasso. Chama-se Michea. E não, infelizmente, não a podemos encontrar nos courts do Hyatt.

Oscars 2010.

Confiram os vencedores aqui.

sábado, março 06, 2010

Devassa.

Como nos dá conta FF aqui, Paris Hilton viu-se envolvida numa polémica no Brasil, a propósito de um anúncio à cerveja “Devassa”. Os contornos são deveras estranhos (leia aqui), principalmente tratando-se do Brasil – povo conhecido pelo seu espírito aberto e liberal. O anúncio parece-me perfeitamente normal, pelo que se impõe a seguinte questão: será apenas má vontade em relação a Paris Hilton?

Para sorrir.


sexta-feira, março 05, 2010

Serão parentes?


Rowan Sebastian Atkinson.



Gemma Louise Atkinson.

quinta-feira, março 04, 2010

Gordon, give me five! No way...

Diferenças de atitude.

Macaquices.

Sou apologista das vigílias de bom fundo moral, mesmo sabendo que, em regra, são de parcos resultados práticos. Contudo, já considero patética qualquer vigília cujo objectivo precípuo não passe de uma macaquice. Rui Moreira saberá, porventura, que Fernado Mendes – ao serviço do FCP – foi suspenso por três meses depois de agredir um bombeiro no Estádio José Gomes, na Reboleira? Saberá, por acaso, que a norma que fundou a dita punição foi a mesma que se aplicou no caso de Hulk - agressões a assistentes de recintos desportivos? E, já agora, saberá que o departamento jurídico dos dragões não contestou a interpretação da Comissão Disciplinar da Liga Profissional da altura (que entendeu ser o bombeiro uma pessoa com direito a permanência no recinto de jogo)? Se não sabe, devia saber (pode ler o artigo n’ A BOLA de ontem). Se sabe, só demonstra que tudo isto não passa de um espectáculo circense com o único fito de branquear o óbvio: o FCP está mais fraco e a época não corre de feição. E, claro, colocar-se na linha da frente na sucessão do papa.

P.S. Guilherme Aguiar, recentemente, veio criticar, de forma soez, a pena aplicada a Hulk. Ora, à data do facto relatado acima, era ele o director-executivo da Liga. Durante o período em que ocupou tal cargo, também Lula e Duah (agressão a um maqueiro) foram punidos com base no mesmo dispositivo normativo. Chamar-lhe incoerente é ser simpático.

quarta-feira, março 03, 2010

South Pepsi Africa - 2010

Cabra e casamento.

Jovens mantiveram relações sexuais com cabra...

As alterações climáticas.

Numa primeira impressão, quando leio as teses de alguns pseudo cientistas sobre o exagero das teorias que versam sobre as alterações climáticas, apetece-me perguntar-lhes se o mau tempo que assola violentamente a Europa (com consequências trágicas em França e na Madeira, só para citar alguns exemplos) e dois terramotos arrasadores no espaço de um mês não são suficientes para os afastar do disparate. Claro que, de seguida, reflicto e concluo que o problema deles não é tanto a estupidez, mas sim a falta de carácter por venderem os seus cérebros aos interesses económicos. E, então, desisto da pergunta.

terça-feira, março 02, 2010

Verdadeiras campeãs...

Guarda Real Norueguesa.

Qualquer semelhança com a GNR será pura coincidência...

segunda-feira, março 01, 2010

As curvas das meninas.

Meus amigos, é de saúde que se fala...

O gajo que não queria ir à tropa!

"Exmo Sr. Ministro da Defesa,

Venho deste modo explicar-lhe uma situação delicada que tem vindo a ocorrer, de maneira a poder obter um eventual apoio vindo de Vossa Exa. Tenho 24 anos, e fui esta semana chamado para ir à tropa. Sou casado com uma viúva de 44 anos, mãe de uma jovem de 25 anos, da qual sou padrasto. O meu pai, por seu lado, casou-se cpm essa jovem em questão. Neste momento, o meu pai passou a ser o meu genro, uma vez que se casou com a minha filha. Deste modo, a minha filha, ou chamemos-lhe, enteada, passou a ser a minha madrasta, uma vez que é casada com o meu pai A minha esposa e eu tivemos, no mês passado, um filho. Esse filho tomou-se o irmão da mulher do meu pai, portanto o cunhado do meu pai. O que faz com que seja o meu tio, uma vez que é o irmão da minha madrasta. O meu filho é, portanto, o meu tio...
A mulher do meu pai teve no Natal um rapaz, que é ao mesmo tempo o meu irmão, uma vez que ele é filho do meu pai, mas o meu neto por ser o filho da minha enteada, filha da minha esposa. Desta maneira sou o irmão do meu neto!...
E como o marido da mãe de uma pessoa é o pai da mesma, verifiquei que sou o pai da minha esposa, e o irmão do meu filho.
Resumindo: sou o meu avô!!!
Deste modo, Sr Ministro, peço-lhe que estude pacientemente o meu caso, porque a lei não permite que o pai, o filho, e o neto sejam chamados à tropa na mesma altura. Agradecendo antecipadamente a sua atenção, mando-lhe os meu melhores cumprimentos."